segunda-feira, 6 de agosto de 2012

Sinfonia de agosto


Toshiuky Aizawa©
















Meio à paz da manhã de verão, o clarão maior que o sol. O ruído. O horror. Acordes de medo. De dor. De escárnio. De morte. Desde aquele dia. Até hoje. E para sempre.



Márcia Maia


Um comentário:

Alvaro disse...

Muito bom!