sexta-feira, 17 de junho de 2011

michael jennifert urek©













o tempo desdobrado
não é tempo
mesmo quando diz-se aniversário
é cheiro de tempo
lembrança de tempo
origami esquecido mofando atrás
das portas do armário



Márcia Maia


4 comentários:

hfm disse...

Quanto tempo! Quanta saudade! Sempre a poesia! Um beijo, amiga.

Adriana Karnal disse...

Márcia,
em tempo:vi as fotos do lança~mento do teu livro. Parabéns por mais este...sou muito tua fã.

Eliza Moreno disse...

Márciaa
Que linda escrita!

mfc disse...

O tempo não se estende... é degraçadamente sempre o mesmo!